Header Ads

FESTIVAL DE CANNES

O produtor Bill Pohlad recebeu o prêmio em nome de Malick
Mesmo tendo sido vaiado após sua exibição, o longa A Árvore da Vida novo trabalho de Terrence Malick foi o grande vencedor da 64ª edição do Festival de Cannes, saindo de lá com a Palma de Ouro. O Garoto de Bicicleta, dos irmãos Jean-Pierre e Luc Dardenne, e Once Upon a Time in Anatolia, de Nuri Bilge Ceylan dividiram O Grande Prêmio - segunda premiação mais importante do evento.

O festival encerra-se rodeado de polêmicas. Além das vaias na sessão de A Árvore da Vida, quem chamou bastante atenção foi o diretor Lars Von Trier que, em entrevista após a sessão do seu Melancolia (que premiou a atriz Kirsten Dunst), foi mal interpretado na brincadeiras que fez, sendo então acusado de fazer apologia ao nazismo, e, posteriormente, banido do festival.

É triste ver um evento tão importante e respeitado, comportando-se de maneira tão imatura.

Confira abaixo a lista completa:

Palma de Ouro - A Árvore da Vida, de Terrence Malick

Grande Prêmio - O Garoto de Bicicleta, de Jean-Pierre e Luc Dardenne e Once Upon A Time In Anatolia, de Nuri Bilge Ceylan

Prêmio do Júri - Poliss, de Maïwenn le Besco

Melhor Direção - Drive, de Nicolas Winding Refn

Melhor Roteiro - Hearat Shulayim, de Joseph Cedar

Melhor Ator - Jean Dujardin, por The Artist

Melhor Atriz - Kirsten Dunst, por Melancolia

Câmera de Ouro - Las Acacias, de Pablo Giorgelli

UM CERTO OLHAR

Prêmio Um Certo Olhar - Arirang, de Kim Ki-Duk e Stopped on Track, de Andreas Dresen

Prêmio Especial do Júri - Elena, de Andrey Zvyagintsev

Melhor Direção - Au revoir, de Mohammad Rasoulof

CURTAS-METRAGENS

Palma de Ouro - Cross-Country, de Maryna Vroda

Prêmio do Júri - Swimsuit 46, de Wannes Destoop

CINÉFONDATION

Primeiro Prêmio - The Letter, de Doroteya Droumeva

Segundo Prêmio - Drari, de Kamal Lazraq

Terceiro Prêmio - Fly by Night, de Son Tae-gyum

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.