Header Ads

Batman em IMAX

Nesse final de semana pude assistir o filme Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge em IMAX. Tendo já assistido o filme (e escrito sobre ele), pude dedicar minha experiência a diferenciar a exibição normal que já havia conferido, a essa em em IMAX, que foi minha primeira. E a diferença é grande.

Não apenas pelo tamanho da tela (que é enorme), mas também pela qualidade da projeção e, principalmente, pela sensação de inserção. Como cerca de um terço do filme foi filmado com câmeras de IMAX (que utilizam uma película de 65 mm, quase o dobro do tamanho da película convencional), quando essas imagens são exibidas no telão elas se tornam maiores do que o seu campo de visão, o que faz com que, na sala escura, a única coisa que você enxergue é a tela (imagino que em 3D isso funcione melhor ainda).

E o mais interessante era notar em quais cenas que o diretor Christopher Nolan optou por utilizar esse formato (algo que era fácil de identificar já que a tela "diminuía" quando a imagem havia sido captada em 35mm). Priorizando as cenas de maior impacto - como a apresentação do vilão, a sequencia do estádio e o clímax - Nolan ainda se utiliza da tecnologia em todas as tomadas aéreas que faz da cidade, o que causa uma sensação impressionante quando vemos, com riqueza de detalhes, a mesma explodindo devido a um ataque terrorista.

Não só isso, mas a opção de Nolan em filmar o Bane quase sempre de baixo pra cima - visando engrandecer o personagem - funciona melhor ainda aqui, já que o mesmo se torna ainda mais imponente e assustador.

Como eu disse na minha crítica, trata-se aqui de um filme grandioso. E IMAX é o tamanho ideal pra um longa como esse. Valeu a experiência que, com certeza, foi a primeira de muitas.



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.