Header Ads

A polêmica de "Jane Got a Gun"

Faroeste estrelado por Natalie Portman enfrenta diversos problemas de produção.
Lynne Ramsay
Jane Got a Gun é um filme de faroeste que conta a história de uma mulher (Natalie Portman) que precisa pedir ajuda para um ex-amante para defender sua fazenda, uma vez que seu marido encontra-se quase morto. Scott Steindorff (O Poder e a Lei) e a própria protagonista produzem o filme.

Até aí tudo bem. Trata-se de uma trama relativamente simples, com nomes de peso responsáveis pela produção. Não era de se esperar então que o filme começasse a dar tantos problemas como está acontecendo atualmente.

Tudo começou na semana passada, quando Michael Fassbender, que interpretaria o tal ex-amante, abandonou a produção uma semana antes do início das filmagens. A alegação na época foram conflitos na agenda, devido ao seu comprometimento prévio com o longa X-Men: Days of Future Past, continuação de X-Men: Primeira Classe, onde ele interpreta o personagem Magneto. Ainda que esse tipo de negociação normalmente seja feita antes exatamente para evitar esse tipo de situação, é justificável que tal conflito de agendas tenha acontecido.

A produção rapidamente procurou outro ator para substituir Fassbender, e o escolhido foi Jude Law (Sherlock Holmes - O Jogo de Sombras). Entretanto, ele não foi escalado para interpretar o personagem de Fassbender, mas sim para interpretar o papel do marido moribundo da heroína. Quem ficou com o papel do ex-amante foi Joel Edgerton (visto recentemente em A Hora Mais Escura), que inicialmente havia sido escalado para interpretar o marido.

Mas o pior ainda estava por vir. Com o elenco todo fechado (até o brasileiro Rodrigo Santoro tem um papel coadjuvante) e equipe pronta, o filme começaria a ser rodado ontem. Começaria, caso a diretora tivesse aparecido no set. Isso mesmo, a cineasta Lynne Ramsay (que chamou atenção no ano passado com Precisamos Falar Sobre o Kevin), envolvida com a produção a um bom tempo, simplesmente não apareceu no set de filmagem. Aparentemente sem dar nenhuma explicação, ela simplesmente deixou todo o elenco e equipe lá parados, esperando.

Jane Got a Gun teve sua produção interrompida. Até o momento não foi emitida nenhuma declaração sobre os motivos que levaram a diretora a abandonar as filmagens. Hoje foi declarado que o cineasta Gavin O’Connor (Guerreiro) foi escalado para tomar conta do projeto. E as filmagens devem começar amanhã. Isso mesmo, o diretor assumiu o projeto e teve um dia para se preparar antes de começar a filmar. Isso, é claro, se mais nenhum problema acontecer. Aguarde novidades aqui no 7 Marte.

UPDATE: O site Deadline anunciou agora pouco que Jude Law também teria abandonado a produção do filme. A explicação dada foi que Law havia assinado o contrato devido ao seu interesse de trabalhar com Lynne Ramsay. Ainda não há informações sobre quem vai substituir o ator. FIM DO UPDATE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.