Header Ads

James Cameron vai produzir próximo filme do Exterminador do Futuro


O cineasta James Cameron, um dos maiores nomes da indústria cinematográfica da atualidade, vai retornar à franquia que o consagrou: O Exterminador do Futuro. De acordo com o site Deadline, em 2019, os direitos da franquia vão retornar ao seu criador, e Cameron já está planejando um novo filme, que deve terminar de vez a guerra entre humanos e máquinas.

A perda dos direitos pela franquia faz parte de um longo processo, que teve início em 1984, na pré-produção do primeiro O Exterminador do Futuro. Na época, o então desconhecido Cameron vendeu os direitos do seu roteiro pelo valor simbólico de U$ 1 (isso mesmo, um dólar!), com a condição de que ele não fosse despedido como diretor.

Apesar de parecer um absurdo, essa foi uma estratégia condizente com a condição de Cameron na época. Afinal, poucos produtores apostariam num projeto do diretor de Piranhas 2. E deu certo! O Exterminador do Futuro foi um sucesso e Cameron dirigiu a continuação, O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final (1991). Depois disso, porém, ele abriu mão da franquia.

Cameron não teve nenhum envolvimento com os filmes seguintes e nem com a série The Sarah Connor Chronicles. Porém, o contrato determina que 35 anos após o lançamento do primeiro filme, os direitos da franquia voltarão para ele. Então, em 2019, Cameron poderá começar a trabalhar em um novo filme.

Mas isso não significa que ele vá esperar até lá. Fontes do Deadline apontam que ele está em negociação com o diretor Tim Miller (Deadpool) para comandar o novo longa. Obviamente, esse projeto ainda está em seus estágios iniciais, e não há previsão de gravação e muito menos de lançamento em um futuro próximo.

Esperamos apenas que James Cameron trabalhe mais rápido como produtor do que ele trabalha como diretor. Atualmente ele está envolvido nas quatro continuações de Avatar, que são constantemente atrasadas e ainda em começaram a ser rodadas, e está produzindo a aventura Alita: Battle Angel, dirigida por Robert Rodriguez.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.