Header Ads

7 List | Sete curiosidades sobre Fragmentado


Estreia nesta quinta-feira, dia 23 de março, o longa Fragmentado (Split), novo terror do cineasta M. Night Shyamalan (O Sexto Sentido e A Visita). Vendido como o grande retorno de Shyamalan ao mainstream, o filme tem arrancado elogios da crítica internacional e está fazendo bastante dinheiro nas bilheterias. Quando fiz a 7 List dos Sete filmes de terror mais aguardados de 2017, falei sobre a minha admiração pelo cineasta, destacando o seu estilo elegante de conduzir uma narrativa. Mantenho essa opinião até hoje, e defendo-a sempre que discuto sobre o assunto.

Desta forma, é seguro dizer que estou bastante curioso para conferir esse seu novo trabalho. E é por isso que resolvi fazer uma nova 7 List dedicada especialmente a esse filme. Na lista que segue abaixo, intitulada Sete curiosidades sobre Fragmentado, falarei sobre curiosidades do longa, histórias de bastidores e muito mais. A ideia é "preparar" o leitor para o lançamento do longa. Espero que gostem da lista. Não esqueçam de deixar a sua opinião no campo de comentário abaixo. E, mais importante, divirtam-se!

7 List | Sete curiosidades sobre Fragmentado

1 - Baseado em fatos?


Na trama do filme, Kevin (James McAvoy) é diagnosticado com 24 personalidades diferentes dentro de si. Um caso similar aconteceu na década de 1970, quando um homem chamado Billy Milligan foi diagnosticado com múltiplas personalidades e conseguiu ser inocentado de acusações de estupro. O argumento da defesa, nesse caso, foi que os crimes foram cometidos por uma das mais de 20 personalidades diferentes de Billy, sem o conhecimento dele. Ainda que não seja uma adaptação direta da vida de Milligan, o longa tem inspiração na sua história. Shyamalan declarou em entrevista que se interessou pelo assunto na década de 1990, quando saiu uma notícia de que o cineasta James Cameron (Titanic e Avatar) estaria interessado em adaptador um livro sobre a vida do sujeito. O projeto acabou não saindo do papel.

2 - McAvoy não foi a primeira escolha para o papel


A atuação de James McAvoy no papel principal do filme tem sido bastante elogiada pela crítica, uma vez que seu papel explora diferentes facetas das suas personalidades. Mas o ator não foi a primeira escolha do cineasta M. Night Shyamalan para o papel. Sua primeira escolha para interpretar o personagem Kevin foi o ator Joaquin Phoenix. Porém, como as negociações entre a produção e Phoenix não avançaram, os realizadores tiveram que procurar outros atores. Caso tivessem fechado com Phoenix, essa seria a terceira parceria dele com o diretor, depois de Sinais (foto acima) e A Vila.

3 - Ator se feriu durante as filmagens


A opção de James McAvoy para o papel parece ter sido uma boa alternativa A entrega do ator para o papel foi tanta que ele chegou a quebrar a sua mão durante a produção e não avisou ninguém sobre isso. Ele continuou atuando durante dois dias, como se nada tivesse acontecido. Só depois desse tempo que ele foi levado para o hospital. Shyamalan explicou o ocorrido. Aparentemente o ator não estava satisfeito com a sua atuação e, em certo momento, ficou tão transtornado que deu um soco numa porta. Ele pensava que era de uma porta falsa, mas não era. Pelo que o diretor disse, é possível ver sua mão quebrada no filme, numa cena num trem, quando o personagem coloca seus óculos.

4 - Marcas registradas do diretor


Quem acompanha a carreira de M. Night Shyamalan sabe que ele tem algumas marcas registradas. Uma das suas características mais marcantes é a sua própria aparição nos filmes (como no caso de Sinais, exemplificado na foto acima). Em Fragmentado, Shyamalan aparece como o porteiro do prédio onde o Dra. Fletcher (Betty Buckley) trabalha. Outro elemento comum na sua filmografia é que o longa se passa na cidade Filadélfia, estado americano da Pensilvânia. O diretor cresceu nessa cidade e fez dela o cenário para muitos dos seus filmes.

5 - Especialistas em terror


Fragmentado marca a segunda parceria de M. Night Shyamalan com o produtor Jason Blum, da Blumhouse Productions. De uns anos para cá, Jason Blum se tornou um dos principais nomes do cinema de terror americano. Sua produtora é responsável por franquias como Atividade Paranormal, Sobrenatural, Uma Noite de Crime, A Entidade, entre outros. Além disso, o diretor de fotografia do filme é Mike Gioulakis, responsável pela direção de fotografia do filme Corrente do Mal. Shyamalan declarou que resolveu chamar Gioulakis para seu filme depois de ver o seu trabalho no terror de 2015.

6 - Trabalho desgastante


M. Night Shyamalan declarou que a filmagem de Fragmentado foi, sem dúvidas, a mais desgastante de toda a sua carreira. Ele deu um exemplo de tal desgaste ao falar sobre o processo de filmagem numa publicação no seu Twitter. Segundo ele, um determinado o plano no qual são vistas 23 escovas de dentes foi repetido tantas vezes que, ao final, as sombras das escovas começaram a se parecer com pessoas. 

7 - Recompensa


Apesar de todo o trabalho que o diretor passou durante as filmagens, a recompensa parece ter valido a pena. Além dos elogios da crítica, o longa tem sido um sucesso de bilheteria. Esse é o quinto filme de Shyamalan a ultrapassar a barreira de US$ 100 milhões nas bilheterias americanas. Seu faturamento total, até o momento, é de mais de US$ 250 milhões nas bilheterias mundiais. Nada mal para um filme que custou "apenas" US$ 9 milhões.

E aí, gostou da nossa lista? Deixe seu comentário abaixo e não esqueça de ajudar a compartilhar o post. Pra quem ainda não conhece esse filme, assista abaixo ao trailer e, não esqueça, Fragmentado estreia nessa quinta-feira no Brasil.



Fonte: IMDB.

2 comentários:

Tecnologia do Blogger.