Terror | Você conhece Art, o Palhaço? - 7 marte Terror | Você conhece Art, o Palhaço? - 7 marte

Header Ads

Terror | Você conhece Art, o Palhaço?

Criado por Damien Leone, o personagem já apareceu em dois curtas e dois longas-metragens. 

Terror | Você conhece Art, o Palhaço?

Em agosto de 2017 saiu a notícia de que a Associação Mundial de Palhaços estava reclamando da perda de trabalhos decorrente da proximidade do lançamento do terror It - A Coisa. A justificativa dada pela presidente da associação era a de que o filme pintava uma imagem negativa àqueles que desenvolviam essa arte, associando a imagem do palhaço à imagem de um monstro.

Não quero entrar na discussão se a Associação estava certa, ou não, em fazer essa acusação. Pessoalmente, eu acho a figura do palhaço extremamente assustadora. Porém, o que vale ser destacado aqui é que o sucesso de It pode ter reascendido uma discussão que não é, de maneira alguma, recente. Desde muito tempo o terror dá à figura do palhaço uma aura monstruosa. O próprio It - A Coisa é baseado em um livro de Stephen King lançado em 1986, ou seja, há mais de 30 anos.

Terror | Você conhece Art, o Palhaço?

O cinema de terror não ficou para trás. São muitas as personificações de palhaços assassinos, monstruosos e até alienígenas em produções do gênero. Uma busca rápida no Google revela títulos como Amusement, Fear of Clowns (que teve uma continuação), Clown, Killer Klowns from Outer Space, Killjoy (que teve três continuações), Stitches, entre muitos outros. Ainda assim, de todos esses o mais famoso continua sendo Pennywise (foto acima).

Porém, nesse artigo eu gostaria de falar um pouco sobre outro palhaço assustador. Um que eu conheci recentemente e que tinha potencial para se tornar uma referência nesse subgênero, caso não fosse constantemente sabotado pelo seu próprio criador. Trata-se de Art, o Palhaço.

Quem é Art, o Palhaço?

Terror | Você conhece Art, o Palhaço?

O palhaço Art é um personagem criado em 2008 pelo cineasta Damien Leone para o curta-metragem The 9th Circle. Na fita, ele aparece numa estação de metrô, na noite de Halloween, e sequestra uma jovem que aguardava o trem de volta para casa. Em seguida, a jovem se vê ao lado de outras duas mulheres sequestradas para um ritual satânico. Art, com seu visual bizarro em preto e branco, é o elemento mais interessante do curta, mas sua participação é pequena.

Sua segunda aparição aconteceria três anos depois, no curta Terrifier (2011). Referenciando diversos road movies de terror, esta obra acompanha uma jovem que testemunha um assassinato cometido por Art e passa a ser perseguida por ele. Neste segundo caso, fica evidente o potencial do personagem, cuja risada demoníaca faz com que seus atos pareçam ainda mais grotescos. Algumas características da direção de Leone também se repetem aqui, como o uso de violência gráfica.

All Hallows' Eve, a estreia de Art em longas-metragens

Terror | Você conhece Art, o Palhaço?

O personagem faria a sua estreia em longas-metragens dois anos depois, em 2013, com All Hallows' Eve. Rodado no formato de antologia, o filme acompanha uma babá que cuida de duas crianças na noite de Halloween. Ela encontra uma estranha fita VHS e começa a assistir o conteúdo macabro da fita, envolvendo rituais satânicos, invasão alienígena e assassinatos. Mas não demora para ela perceber que, assim como em O Chamado, o terror consegue ultrapassar as barreiras da fita de vídeo.

Terror | Você conhece Art, o Palhaço?All Hallows' Eve serviu para apresentar o personagem para um público maior, porém a sua potencialidade ainda não é explorada ao máximo, pois o material se limita a repetir o conteúdo visto nos curtas. Dois dos três curtas presentes na fita de vídeo que a babá assiste são justamente os já mencionados The 9th Circle e Terrifier.

Eu gosto muito de antologias de terror. A ideia de contar uma história curta, livre das amarras de uma narrativa longa, é algo que sempre me agradou. Porém, neste caso, a ideia da antologia surge como uma mera justificativa para encaixar (ou melhor, empurrar) esses trabalhos já feitos, o que soa um tanto preguiçoso.

Mas se os curtas anteriores já tinham os seus problemas, isso não é nada perto da péssima qualidade de umas das histórias criadas para o filme, aquela envolvendo um alienígena. Além de extremamente tosco, parecendo um filme B de ficção científica da década de 1950, essa história quase não tem relação nenhuma com as demais, explicitando ainda mais a aparente displicência com que o projeto foi conduzido.

Terrifier, ou Art como protagonista

Terror | Você conhece Art, o Palhaço?

Art, o Palhaço só viria a ganhar um filme próprio - e não uma antologia - em 2017, com Terrifier (que apesar do título, em nada se assemelha ao curta homônimo realizado pelo diretor). Aqui, o palhaço maníaco aterroriza três jovens mulheres na noite de Halloween e todos os outros que cruzam o seu caminho.

Não é incomum que o terror independente sofra com problemas como atuações ruins, uma direção canhestra e pouco orçamento na criação de cenas gore. E o fã de terror muitas vezes faz vista grossa para esse tipo de defeito na sua tentativa de apreciar uma gama maior de produções do seu gênero favorito.

Foi o que aconteceu comigo ao ver este Terrifier. Sendo fã de slashers, tentei apreciar ao máximo o filme, apesar das atuações fracas de todo o elenco e da direção sem criatividade de Damien Leone. E isso até funcionou durante a primeira metade do filme, em parte por causa da figura marcante do vilão.

Terror | Você conhece Art, o Palhaço?

Porém, a partir da segunda metade, nem todos os meus esforços me fizeram apreciar a obra, uma vez que ficou comprovado que o realizador não sabia o que fazer com a trama, matando alguns dos personagens com os quais nos identificamos e tentando fazer com que nos importemos com outros recém-apresentados. Além do mais, o diretor/roteirista ainda insere novos personagens durante o terceiro ato, só para matá-los em seguida, explicitando o seu despreparo e falta de organização perante a narrativa.

O uso da violência gráfica neste e nos demais filmes protagonizados por Art, o Palhaço pode agradar os fãs de torture porn, mas não chega a ser suficiente para salvar nenhum dos seus filmes. O que é uma pena porque, como eu disse, o palhaço é realmente assustador!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.